Direito tributário: reduzindo custos - Blog Fortes Advogados

Direito tributário: reduzindo custos

Nossa carga tributária é alta, e é motivo de preocupação constante dos empreendedores.

Mesmo nos pequenos negócios, tributados pelo Simples Nacional, surgem diversas dúvidas referentes às obrigações fiscais.

Além disso, o empresário – mesmo agindo de boa-fé – acaba sujeito a multas e outras penalidades, por causa da complexidade da legislação e burocracia, em constante modificação.

Mas disso todo mundo já sabe.

O que quase ninguém entende é que dá para reduzir seus custos, via planejamento tributário.

É necessário apenas ajuda profissional!

Ficou interessado no assunto? Acompanhe a seguir!

Planejamento Tributário

O planejamento tributário visa à diminuição das despesas, reduzindo a quantidade e os valores dos tributos a pagar.

Essencial para o gerenciamento contábil-financeiro, o planejamento busca identificar e realizar uma projeção de atos e fatos passiveis de tributação, optando-se por alternativas legais para a redução de custos.

Não é demais lembrar que o preço do produto ou serviço, fator de competição, pode ser afetado pela carga tributária.

Por isso, é importante repensar o assunto.

Principais maneiras de reduzir a carga tributária

A primeira delas é impedir a ocorrência do imposto

Ou melhor, trata-se de adotar medidas para evitar o fato gerador do tributo, desde que por meios permitidos na lei.

Mas, para tanto, é necessário conhecimento técnico e experiência na área – o que só um profissional qualificado pode fazer.

Outra maneira é buscar reduzir a tributação.

É necessário planejar e promover medidas técnicas, para a redução de carga, após análise das diversas regras legais.

Afinal, nem todas as atividades empresariais são tributadas da mesma forma.

Direito Tributário

Diante da competitividade, o direito tributário tem importância central na organização do negócio, pois interfere diretamente na administração financeira.

Portanto, é essencial que o empresário tenha uma boa assessoria jurídica para prevenir problemas tributários.

Mas também é importante evitar passivos trabalhistas, assim como  autuações e fiscalizações diversas, tais como vigilância sanitária, PROCON/DECON, INMETRO, IBAMA, dentre outros – e um programa de compliance pode ser a melhor solução.

Reduza os custos da empresa

Empreendedores e empresas de qualquer porte devem fazer valer seus direitos na tributação, atentando para a importância da redução de custos tributários.

Nesse sentido, torna-se indispensável para a saúde financeira do empreendimento a escolha de profissionais com experiência, ética e conhecimento técnico.

***

E então, o que achou? Ainda precisa de ajuda com seu planejamento tributário? Acompanhe nossas redes sociais e conheça nosso escritório!