Para que serve compliance?

Para que serve compliance?

Licenças ambientais, regularização tributária, situação trabalhista, órgãos regulatórios…

Empreender não é tarefa simples. Disso você já sabe. E nem se trata só de ser “bom no negócio”!

Dentre outros cuidados, o empresário ainda precisa se preocupar com eventuais erros e até corrupção dentro do próprio empreendimento!

Parece muito complicado, né? Mas a solução pode ser bem simples.

Quem não quer organizar a empresa, atendendo às regras, planejando ações cuidadosamente e mantendo boa relação com os colaboradores?

Então, se você se identifica nesse perfil, é interessante pensar num programa de compliance!

Se ainda não sabe o que é, nem como isso é tão importante, leia nosso post e entenda melhor!

O que é compliance?

Estar em conformidade: é o significado de compliance.

O termo é originário do inglês e muito utilizado por empreendedores que têm visão de negócio e querem se consolidar.

Você já percebeu como a corrupção e as condutas antiéticas estão na mira do mercado?

É preciso entender que o consumidor – e cidadão – não quer mais fazer parte desse quadro.

E este é o momento ideal para botar a sua empresa em ordem!

Seguir regulamentos, observar as posições legais, respeitar procedimentos internos: são práticas essenciais ao sucesso de qualquer negócio daqui para frente.

Todavia, como são vários os detalhes a serem observados e diversos os pontos que demandam atenção (em razão do número de regras e até da burocracia), tornou-se essencial contar com um departamento especializado no assunto.

E o programa de compliance é uma medida que visa a conferir segurança e tranquilidade aos empreendedores e gestores.

Como ter um programa de compliance eficiente?

Antes de tudo, você deve buscar assessoria externa, e até criar um setor interno na empresa, para cuidar do assunto.

Após contratar profissionais especializados, é interessante que, primeiro, vocês se reúnam e elaborem o regimento interno ou código de ética empresarial.

Tendo o documento, ficará mais fácil conversar com os funcionários e explicar como devem proceder diante de cada situação.

Além disso, é essencial que a assessoria de compliance fique próxima aos funcionários e estabeleça vínculos de confiança mútua — para que o diálogo possa fluir naturalmente e todos tenham abertura para tirar dúvidas e trocar opiniões.

Como a intenção desse serviço é manter a empresa em ordem e reduzir o risco de problemas com descumprimento de normas, também é imprescindível que toda a equipe entenda que – mais do que cumprir obrigações – é preciso denunciar eventuais irregularidades.

Quais as vantagens deste serviço?

Ao investir num programa de compliance, a empresa terá inúmeros benefícios. O principal deles é a credibilidade perante terceiros (stakeholders).

Afinal, fazer clientes, fornecedores e investidores sentirem segurança para contratar com você é o maior diferencial que se pode oferecer.

Além disso, com profissionais capacitados e dedicados à função de manter sua empresa em ordem, você prestará o serviço mais eficiente e com menos riscos de imprevistos, o que trará visibilidade, reconhecimento e, certamente, boa economia.

Por outro lado, tendo programa de compliance, aumentam suas chances de obter descontos em linhas de crédito e até investir em mercados externos.

Mas, além de todas as vantagens já mencionadas, uma empresa organizada torna a rotina mais leve, fluida, e acaba aproximando você daqueles que têm a mesma intenção: manter a integridade!

Bom, com certeza quem investe em compliance só tem a ganhar!

***

Você acha que este conteúdo ajudou? Se gostou, então, compartilhe nas redes sociais e ajude a difundir conhecimento!