5 dicas para escolher um bom escritório de advocacia - Blog Fortes Advogados

5 dicas para escolher um bom escritório de advocacia

A contratação de qualquer tipo de serviço deve ser feita com base em muita pesquisa e de forma inteligente.

Esse tipo de cuidado reduz as chances de frustração e de contratar um serviço que não atenda às expectativas.

E na área jurídica, escolher um escritório de advocacia é uma das decisões mais importantes para o sucesso ou fracasso da sua causa e experiência enquanto cliente.

Pensando nisso, preparamos um artigo com 5 dicas que vão ajudá-lo na hora de fazer sua escolha.

Acompanhe e tire suas dúvidas!

1. Verifique a área de especialidade da demanda

O conhecimento do Direito vem sendo formado por diversas ramificações e legislações diferentes: tributária, ambiental, previdenciária, empresarial, trabalhista, penal, entre outras.

Por isso, na hora de buscar auxílio de advogados, é importante optar por escritórios que tenham a especialidade que o seu caso requer.

Dessa forma, se o profissional tem conhecimento acerca da legislação e dos tribunais envolvidos, isso significa que seus interesses serão melhor representados, e as chances de resultados positivos são maiores.

2. Peça recomendações a conhecidos

Um bom critério para assegurar sua escolha é a indicação de amigos, familiares e conhecidos em geral.

Em conversas pessoais, você pode coletar informações sobre a ética dos escritórios sugeridos, a maneira como conduzem os casos, competência, entre outros assuntos.

E se tiver alguma amiga ou amigo advogado, melhor ainda! Eles costumam conhecer bastante as habilidades dos profissionais da área e sobre a reputação e profissionalismo de outros escritórios.

Mas não deixe que sua decisão seja tomada apenas pelas indicações.

É importante escolher com base nas suas percepções e sentimentos com relação ao escritório e acerca dos seus representantes em potencial.

3. Faça uma reunião com os advogados

A comunicação e o diálogo são pontos fundamentais na relação entre o advogado e o cliente.

Por isso, antes de escolher um escritório de advocacia para administrar a sua demanda, faça uma lista de opções e marque encontros presenciais para conversar sobre suas necessidades e sobre os serviços disponibilizados.

Nesse momento, é mais interessante conhecer a competência dos funcionários, saber se eles compreendem suas necessidades e se estão dispostos a trabalhar alinhados com isso.

É indispensável que você e o advogado transmitam confiança mútua, e que o profissional demonstre o devido conhecimento sobre as causas em que você costuma estar envolvido.

4. Visite o escritório pessoalmente

Durante as reuniões, verifique a possibilidade de conhecer os outros locais e setores do escritório, como se fizesse um tour pela firma.

Muito da sua experiência como cliente pode ser medido a partir da sua recepção e percepção com relação ao ambiente de trabalho.

Preste atenção à organização, sensação de pessoalidade dos funcionários e ao tratamento que recebe de toda a equipe.

Afinal, ao contratar um escritório, todas aquelas pessoas podem lidar com sua causa, direta ou indiretamente.

5. Pesquise sobre a reputação do escritório

A última dica é pesquisar bastante sobre a reputação e ética do seu futuro representante.

Converse com clientes atuais, com pessoas que já trabalharam junto àquele escritório e busque por fontes adicionais, como páginas na internet, por exemplo.

Desse jeito você consegue informações para tomar uma decisão segura.

A existência de muitas reclamações, por exemplo, podem ser um indicativo de que aquela talvez não seja a melhor opção.

Mas também analise ao fundo as reclamações encontradas por aí, sua procedência e qual a postura do escritório perante elas.

Afinal, sempre há pessoas que podem agir de má fé (querendo apenas denegrir a imagem dum bom profissional).

 

Enfim, escolher um escritório de advocacia para ser o representante dos seus interesses é uma decisão grande e que deve ser tomada com bons critérios.

E mesmo após a contratação, sempre avalie e monitore os serviços prestados!

Os feedbacks com relação aos serviços são importantes e ajudam a manter o padrão que você espera enquanto cliente.

Caso o escritório seja displicente com relação às suas necessidades, busque outra alternativa no mercado.

***

Você gostou das dicas deste post? Então siga nossa página nas redes sociais e fique por dentro de todas as nossas atualizações!