Consultor jurídico: mudando a realidade das empresas

Consultor jurídico: mudando a realidade das empresas

Falhas na administração de empresas – como infrações ambientais, tributos mal calculados, passivos trabalhistas etc. – são capazes de comprometer o futuro do empreendimento, mas podem ser evitadas com uma solução prática: uma consultoria jurídica permanente.

Também conhecida como assessoria jurídica, ela funciona como suporte para empresários, principalmente para empreendimentos iniciantes, de pequeno porte, reduzindo os custos da atividade por meio de soluções específicas e estratégicas.

Quer conhecer os benefícios que a contratação do consultor jurídico vem trazendo para as empresas? Confira!

Redução de passivos trabalhistas

As demandas trabalhistas costumam ensejar insegurança para empresários, pois o trabalhador, em razão da sua situação de subordinação, é protegido pela lei.

Por isso, a organização que não cumpre os requisitos legais corre o risco de ser condenada a pagar indenizações, que podem interferir no orçamento do negócio e, em casos mais graves, inviabilizar a própria atividade.

Mas, ao contar com um consultor jurídico, a empresa fica protegida disso, tendo em vista que terá profissionais especializados para correta orientação em relação aos direitos trabalhistas, seus encargos e demais obrigações legais.

Eficiência na gestão dos negócios

Um advogado especializado em direito empresarial pode ser o melhor auxiliar na gestão do seu negócio.

Com ajuda profissional, a empresa possuirá suporte jurídico suficiente para decisões seguras, como assinar um contrato, evitando futuros prejuízos e riscos desnecessários.

Além disso, o consultor pode orientar o empreendedor sobre relações de consumo e questões empresariais.

Nesse sentido, as tratativas com clientes e fornecedores podem ser corrigidas, para ocorrerem de maneira mais segura e adequada, impedindo que a empresa seja prejudicada por eventuais infortúnios.

Redução de gastos

A consultoria é extremante importante para decisões financeiras, ao evitar que despesas desnecessárias.

A partir da análise do perfil da empresa, por exemplo, o consultor jurídico identificará suas obrigações legais, prazos de vencimento e penalidades previstas.

Isso envolve repercussões urbanísticas, sanitárias, ambientais, e outras questões regulatórias.

Assim, tendo ciência prévia de todas as obrigações, o empreendedor tem mais tempo para organizar suas finanças e provisionar os recursos necessários aos encargos da sua atividade, evitando multas, atrasos, juros.

Além disso, em eventuais crises financeiras, a empresa contará com suporte profissional para recuperação do seu ativo, impedindo que débitos –  notadamente os tributos – tornem-se uma “bola de neve”.

Redução de problemas

O sucesso dos negócios está intimamente ligado à gestão, porém, nem sempre o empreendedor consegue tomar decisões sóbrias e adequadas, por estar muito envolvido e imerso nos processos internos da organização.

Então, contar com alguém imparcial, externo à empresa, auxiliando a gestão com orientações técnicas, pode ser o diferencial para o negócio.

A partir de planejamento prévio, por exemplo, o empresário conhece os riscos aos quais está sujeito e pode, com auxílio do consultor, traçar metas para reduzi-los, e ampliar sua margem de ação.

Escolher um bom escritório para obter o serviço adequado, como se vê, é a solução mais eficaz e segura para o empresário, pois as oscilações do mercado não devem comprometer a estabilidade do seu negócio: é necessário ter planejamento.

***

E então, o que você achou? Gostou do nosso texto? Quer saber mais sobre o assunto? Então, siga-nos nas redes sociais e compartilhe o conhecimento!