Internet das coisas: a sua empresa está pronta para isso?

Internet das coisas: a sua empresa está pronta para isso?

Você já ouviu falar em internet das coisas?

Conhecida também pela sigla em inglês IOT (Internet of Things), a conexão de aparelhos do cotidiano com a rede mundial de computadores é algo cada vez mais comum.

Nos próximo anos, podemos esperar muitas novidades em relação a isso, não só dentro de casa, mas em nosso trabalho!

As mudanças podem revolucionar nosso dia a dia, nossa  forma de comunicação e até a governança das empresas.

Contudo, muitas pessoas ainda não sabem o que é internet das coisas, nem entenderam o seu impacto no mercado.

Por isso, elaboramos o presente artigo, para conversarmos um pouco sobre IOT:

O que é internet das coisas

O conceito de internet das coisas está ligado à utilização de dispositivos inteligentes, conectados entre si via web, partilhando informações.

Essa ideia não é nova, pois ainda no começo dos anos 1990 Bill Joy, cofundador da Sun Microsystems, pensava em maneiras de intercomunicar seus aparelhos.

Entanto, devido às limitações da época, a proposta não podia ser empregada como hoje, quando temos melhor estrutura de tecnologia e conexão.

Atualmente, a internet das coisas tem várias aplicações.

Desde lâmpadas inteligentes, que podem ser controladas de qualquer lugar, até segurança cibernética das empresas, envolvendo também robôs dentro de plantas de produção etc.

Quais os impactos da Internet das Coisas no mundo corporativo

Inicialmente, pode parecer que a IOT tenha impacto apenas dentro de grandes fábricas etc.

Mas, na verdade, sua utilização pode ser aplicada e facilitar a vida de qualquer negócio:

Redução de custos

Uma das principais vantagens da internet das coisas é a integração entre dispositivos eletrônicos, o que gera um fluxo grande de informação.

E todos esses dados, por circularem de maneira ampla, podem ser utilizados para verificar gargalos ou identificar falhas dentro dos processos da empresa.

Além disso, a automatização de tarefas leva à redução de custos, visto que agiliza o trabalho, ao mesmo tempo que minimiza os erros.

Geração de dados

A quantidade de dados gerados pela utilização dos dispositivos conectados à internet permite a criação de uma grande massa de informação.

Esse Big Data será analisado constantemente em busca de insights, que permitirão a identificação de oportunidades ou melhoria de processos.

Assim, o tratamento de dados ajudará nas tomadas de decisão dos gestores da empresa.

Aumento da produtividade

IOT tem impacto direto sobre a produtividade da organização.

Afinal, ao permitir a automatização de tarefas repetitivas, todos poderão focar nas atividades ligadas ao core business da organização.

Ademais, é possível reduzir a demanda por mão de obra, já que dispositivos interconectados podem suprir parte da burocracia.

***

Podemos esperar ainda muitas novidades com a internet das coisas nos negócios.

Portanto, é fundamental que as empresas estejam atentas para sair na frente em busca de inovação.

*

Siga-nos nas redes sociais: estamos no LinkedInFacebookTwitter e Instagram.

Acompanhe nossas publicações e compartilhe o conhecimento!